Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013

«Um Pequeno Escândalo», de Patricia Cabot, a 8 de março na QUinta Essência


Juraram renunciar ao amor… mas não resistem ao jogo da sedução


 


 


Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, a filha obstinada de Burke Traherne, o marquês vê-se numa situação impossível. Dividido entre saber que ela é exatamente aquilo de que Isabel precisa mas, para ele, a pior tentação possível, encontra-se constantemente perto de alguém que ameaça a sua independência. Conhecido pelo seu autodomínio férreo desde o dia em que apanhou a mulher com um amante, Burke jurou nunca mais arriscar-se a casar.



Ao aceitar a oferta de emprego de Sua Senhoria, a temperamental Kate enfrenta dois perigos: sua atração irresistível por um homem que abdicou do amor, e um encontro com o seu próprio passado escandaloso... que ela não pode manter secreto para sempre.


 


 


Kate Mayhew costumava fazer parte da sociedade, até que os pais morreram em circunstâncias misteriosas e escandalosas. Agora, o melhor que pode esperar é ser governanta… até que o famoso Burke Traherne, marquês de Wingate, a contrata para ser dama de companhia da sua rebelde filha Isabel.


 


 


 


«E fugir foi o primeiro pensamento que ocorreu a Kate no momento em que os olhos verde-esmeralda de Lorde Wingate sobre ela tombaram. Chegou ainda a dar alguns passos na direção da porta, imitando o exemplo de Isabel. No entanto, quando colocou a mão na maçaneta, a voz grave e ressonante do marquês, exigindo uma resposta à sua ordem, trouxe-a de volta à realidade.


Jesus, onde tinha a cabeça? Kate Mayhew não fugia de nada – exceto talvez de figuras umbrosas que confundia com Daniel Craven. Mas certamente que não de marqueses autoritários, por mais penetrante que fosse o olhar deles ou por mais que conseguissem preencher um cadeirão. Assim, ao invés de se pôr


em fuga, respirou fundo para se manter firme e limitou-se a abrir a porta de par em par, para que quem quer que passasse no corredor pudesse ver que o  senhor da casa estava apenas a fazer uma visita social à sua mais recente empregada.»


 


 


«É um verdadeiro prazer ouvir a voz única de Patricia Cabot.»


Romantic Times


 


 


«Estes dois personagens maravilhosos, que juraram abdicar do amor, formam o casal perfeito neste delicioso e emocionante romance (…). A história divertida e cativante de Ms. Cabot conquistará facilmente os leitores. Não irá conseguir de parar de ler até chegar à perfeita e satisfatória conclusão.»


RT Book Reviews


 


 



Meggin Patricia Cabot, autora bestseller de romances históricos, nasceu em fevereiro de 1967, em Bloomington, Indiana (EUA). Trabalhou como gestora numa residência universitária, foi ilustradora freelance e escreveu mais de cinquenta livros que assinou com diferentes pseudónimos. Entre eles destaca-se a série O Diário da Princesa (The Princess Diaries), publicada em mais de trinta países e adaptada ao cinema pela Walt Disney Pictures, com grandes êxitos de bilheteira.


As suas obras ganharam inúmeros prémios, incluindo o New York Public Library Books for Teen Age, o Booksense Pick, o Evergreen, o IRA/CBC Young Adult Choice, entre outros.

publicado por Oficina do Livro às 08:16
link do post | favorito

«Encontras-me no Fim do Mundo», de Nicolas Barreau, a 8 de março na Quinta Essência



Autor de O Sorriso das Mulheres


 


Jean-Luc Champollion é aquilo a que os franceses chamam um homme à femmes. O encantador proprietário de uma galeria bem-sucedida ama a arte e a vida, é muito sensível ao encanto das mulheres, que de bom grado lho retribuem, e vive num dos bairros da moda de Paris, em perfeita harmonia com o seu fiel dálmata Cézanne. Tudo corre bem até que, uma da manhã, Jean-Luc encontra no correio um envelope azul, e a sua vida muda para sempre. A missiva é uma carta de amor, ou melhor, uma das declarações de amor mais apaixonadas que o galerista já viu, mas não vem assinada: a misteriosa autora decidiu esconder-se e convida-o a descobrir quem é. Jean-Luc fica inicialmente confuso, mas decide alinhar. A remetente anónima forneceu-lhe um endereço de e-mail e desafia-o a responder. Mas a tarefa não é fácil. Em breve, Jean-Luc tem apenas um objetivo: descobrir a identidade da caprichosa desconhecida, que parece conhecer muito bem os seus hábitos e gosta de o provocar incessantemente. Assombrado pelas suas palavras, Jean-Luc segue as pistas dispersas na correspondência, cada vez mais incapaz de resistir à mais doce das armadilhas. O objeto da sua paixão existe apenas no papel e na sua imaginação, mas ele sente conhecer melhor esta mulher do que os quadros expostos na sua galeria, mesmo que nunca tenha visto o seu rosto. Ou será que viu?



 


 


Um galerista fascinante.


Uma mulher misteriosa.


Uma série de provocantes cartas de amor.


 


Nicolas Barreau serve-nos o romance mais encantador da temporada


 


 


«Mon cher Monsieur Le Duc,


Não sei como começar esta carta, que é – sei-o com a certeza de uma mulher que ama – a mais importante da minha vida.(…)


Desafio-o para o mais delicado de todos os duelos e estou impaciente por saber se aceita este pequeno desafio. (Aposto o meu dedo mindinho que sim!)


À espera da sua resposta, com os meus melhores desejos,


La Principessa»


 


Assim começa a carta que mudará a vida de Jean-Luc Champollion. Assombrado pelas palavras desta mulher misteriosa, Jean-Luc vai tentar solucionar o mistério que poderá trazer-lhe a felicidade.


 


 


«Nas palavras de Antoine de Saint-Exupéry “o essencial é invisível”, mes chers amis.
Então o que esperam para apreciar o romantismo de Paris, as suas porcelanas, os macarons de Ladorée e os seus personagens peculiares? Corram até à livraria mais próxima e sonhem de olhos abertos. Porque, como costumo dizer, sonhar é bom».


 


http://borderline83.blogspot.pt


 


 



Nicolas Barreau nasceu em 1980 em Paris, filho de mãe alemã e pai francês, estudou Literaturas Românicas e História na Sorbonne.


Durante algum tempo trabalhou numa livraria da Rive Gauche em Paris, até que finalmente se dedicou à escrita. Gosta de restaurante e de culinária, acredita no destino, é muito tímido e reservado e, tal como o escritor protagonista desde livro, não gosta de aparecer em público. Os seus três romances, publicados originalmente por uma pequena editora alemã, alcançaram um enorme êxito, em especial O Sorriso das Mulheres, que se tornou um fenómeno editorial na Alemanha, em Itália e em Espanha.

publicado por Oficina do Livro às 08:10
link do post | favorito

«Férias em Saint-Tropez», de Elizabeth Adler, a 8 de março na Quinta Essência


 


autora de Verão na Riviera * Encontro na Provença * Regresso a Itália


 


100.000 livros vendidos em Portugal


 


Um mistério cheio de glamour no encantador sul da França…


 


Numa villa em St. Tropez, no sul da França, cinco turistas que não se conhecem - todos eles a fugirem da sua vida do dia-a-dia – veem-se reunidos à força no pequeno Hotel dos Sonhos.


 


Chez Violette parecera ser o refúgio perfeito para o detetive privado Mac Reilly e a sua namorada/parceira, Sunny Alvarez, e para os seus cães Pirate e Tesoro. Sunny chega primeiro e descobre que foram enganados, juntamente com várias outras pessoas que julgaram estar a alugar aquela elegante casa na riviera francesa. De repente e de forma inesperada, são forçados a solucionar um crime e a desvendar um homicídio, tendo como pano de fundo a soalheira e glamorosa Saint-Tropez.


 


 



ALUGA-SE CASA DE VERÃO EM SAINT-TROPEZ


 


Ao mês ou por períodos mais longos


 


Encantadora villa tradicional em pedra adaptada de um pequeno mosteiro antigo. Terraços soalheiros, piscina forrada a azulejos, pátio com cobertura abobadada e oliveiras, terreno generoso e isolado, dando para encosta de pinheiros e com vista direta para o mar.


Cinco quartos, cinco casas de banho. Elegantemente mobilada. Cozinha bem equipada. Empregados disponíveis se solicitado.


Com perfeita privacidade.


Para folheto com fotografias e mais pormenores, contactar:


MadameSuzanneLariotCannes@wanadoo.france


 


 



Elizabeth Adler é britânica. Autora de mais de vinte romances, é reconhecida internacionalmente pelas suas histórias envolventes que combinam de forma magistral mistério, amor e destinos de sonho. Os seus livros estão publicados em vinte e cinco países, com mais de quatro milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.


Adler e o marido viveram em vários países até que fixaram residência em La Quinta, Califórnia, onde passam dias tranquilos na companhia dos seus dois gatos.


publicado por Oficina do Livro às 08:02
link do post | favorito
Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2013

Top Semanal Quinta Essência


 


 




 



 


publicado por Oficina do Livro às 16:13
link do post | favorito

.pesquisar

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. «Desaparecida» de Elizabe...

. «Ligações Arriscadas» de ...

. «Aqui Entre Nós» de Jane ...

. «Pão, mel e amor», de Jen...

. «Mais do que Sedução», Ch...

. Sophie Kinsella apresenta...

. «MÁSCARAS AO LUAR», de Ju...

. Novo romance de Sophie Ki...

. «Desejo e Preconceito», d...

. «Promessa de Casamento», ...

. «Para todo o sempre», Jud...

. «A Casa Misteriosa», de M...

. «Tudo vale no amor», de E...

. «As Piores Intenções», de...

. «Obstinada», de Sylvia Da...

.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.subscrever feeds