Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Estamos de Parabéns

A Oficina do Livro comemora hoje 10 anos sobre a sua fundação. A empresa, criada por Gonçalo Bulhosa e António Lobato Faria, foi responsável por uma nova dinâmica no mercado editorial português apostando fortemente nos autores portugueses e aplicando ao livro as mais inovadoras práticas de marketing, comunicação e design.


Após a fusão com a Editorial Notícias, a empresa inicia a sua transformação nm dos maiores grupos editoriais portugueses, congregando hoje seis chancelas distintas: Oficina do Livro, Casa das Letras, Estrela Polar, Sebenta, Academia do Livro e Quinta Essência. Segundo dados da GFK sobre vendas no retalho, a Oficina do Livro foi em 2007 e 2008 a terceira maior editora portuguesa. Desde Julho de 2008 a Oficina do Livro integra o grupo Leya.


Entre os nossos diversos sucessos contam-se as obras de Miguel SOusa Tavares, Margarida Rebelo Pinto, Gonçalo Cadilhe, EduardoSá, Laurinda ALves, José Manuel Saraiva, Mário Zambujal, José Jorge Letria, Pedro Canais, Helena Sacadura Cabral, Isabel Zambujal, Fernando Dacosta, Domingos Amaral, Francisco Moita Flores, Germano SIlva, Carlos Vale Ferraz, Judite Sousa, Pedro Rolo Duarte, Eduardo Barroso, Manuel Acácio e Chakall.

publicado por Oficina do Livro às 10:19
link do post | favorito
2 comentários:
De Homem do Leme a 10 de Setembro de 2009 às 22:40
PARABÉNS!!!

A Oficina do Livro e a Casa das Letras são responsáveis por algumas prateleiras de livros cá em casa.
De Tiago a 10 de Setembro de 2009 às 23:28
Sou crítico literário informal.
Nos meus percursos na blogosfera descobri um blog de uma escritora fantástica: antologiadesonhos.blogspot.com. Estou extasiado com a qualidade, beleza e perspicácia dos seus textos. Tem uma escrita forte, intensa, arrebatadora, que fala de sentimentos, da vida, da sociedade, da felicidade, do amor, da rotina, de relações, mas não só. Tem uma visão inovadora e ampla sobre tudo. É fresca e revigorante.Tem reflexões magnificas, frases extraordinárias e sobretudo efectua uma análise exacta e real das vivências diárias dos individuos, e do que os circunda.
Adorei todos os textos publicados até agora, é difícil destacar os preferidos mas ressalto como preferidos a crítica social ínsita no « Cinco Números, Duas Estrelas», e um texto sobre a necessidade de nos sentirmos vivos, intitulado «Ser Feliz». Imperdível. Genuíno. Arrebatador.
Como é que ninguém descobriu até agora este talento?

Comentar post

.pesquisar

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. POR VEZES, O AMOR VERDADE...

. A MULHER DO JUIZ, de Ann ...

. O novo romance sensual de...

. A QUÍMICA DO AMOR, de Emi...

. OS CINCO HERDEIROS, de El...

. Novidades para as férias ...

. PERIGO, PRAZER... E FUGA,...

. A MAGIA DAS PEQUENAS COIS...

. PRAZERES INFAMES, de Eliz...

. Para as férias da Páscoa

. «Desaparecida» de Elizabe...

. «Ligações Arriscadas» de ...

. «Aqui Entre Nós» de Jane ...

. «Pão, mel e amor», de Jen...

. «Mais do que Sedução», Ch...

.subscrever feeds