Quarta-feira, 11 de Março de 2009

Bloopers da tradução

Um dos nossos maiores desafios é mesmo a tradução “criativa”. Há quem traduza frases que não existem no original, nomes de grupos musicais e de marcas, mas há quem ultrapasse o limite do tolerável.


Como mais vale rir que chorar, aqui ficam alguns exemplos. Estes foram apanhados a tempo… pelos que talvez tenham escapado, pedimos aqui as nossas desculpas.


  


une flûte de champagne = uma flauta de champanhe


Celebrar um momento especial com uma flauta de champanhe pode ser uma boa ideia. Será difícil de beber mas talvez o champanhe a sair pelos orifícios da flauta possa ter um efeito, sei lá… de fonte.


 


add 1 teaspoon of baking soda = adicione 1 colher de chá de soda cáustica


Nada melhor do que uma pitada de soda cáustica para animar uma receita. Fica com aquele saborzinho gostoso. No entanto, pode dar alguma azia.


 


il se met en boule = ele rebola em forma de bule


Estaria o tradutor a ouvir a música Walk Like An Egyptian, das Bangles? Que movimentos sensuais e redondos estarão por detrás desta tradução?


 


she had a scarf holding her hair = ela tinha uma cicatriz a segurar o cabelo


Se fosse um livro de terror até poderia ser uma imagem adequada…mas não era um livro de terror.


 


rates of obesity range from below 5 percent in Japan, China and some African nations to more than 75 percent in urban areas of Samoa = As taxas de obesidade situam-se abaixo dos 5% no Japão e na China e, em alguns países africanos, como é o caso das áreas urbanas de Samoa, mais 75% das pessoas são obesas.


Ora todos sabemos que o que há mais em África são obesos. Aqueles que aparecem na televisão são escolhidos a dedo e são sempre os mesmos. Todos nascidos e criados em Samoa… que, por acaso, é no Pacífico.


 


he is a pain in the ass = ele tem uma verruga no rabo


(sem comentários)


 


J


 


(este texto contou com a colaboração da Academia do Livro, Casa das Letras, Estrela Polar e Quinta Essência)

publicado por Oficina do Livro às 19:04
link do post | favorito
5 comentários:
De canochinha a 11 de Março de 2009 às 20:04
Muito giro! Obrigado por partilharem :)
De Inês a 11 de Março de 2009 às 21:31
São as chamadas Traduções livres. Adorei
De Alexandra Pinto a 12 de Março de 2009 às 16:09
Oh, não há mais? Tão giro.
De Liliana Valpaços a 12 de Março de 2009 às 16:37
Há sim. Infelizmente, há :). Mas vamos esperar para reunir mais exemplos e publicar os melhores.

Liliana Valpaços
(Academia do Livro)

De João Gouveia António a 28 de Janeiro de 2010 às 18:05
Um verdadeiro "Best of" de calinadas...
Muito divertido!!

Comentar post

.pesquisar

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. POR VEZES, O AMOR VERDADE...

. A MULHER DO JUIZ, de Ann ...

. O novo romance sensual de...

. A QUÍMICA DO AMOR, de Emi...

. OS CINCO HERDEIROS, de El...

. Novidades para as férias ...

. PERIGO, PRAZER... E FUGA,...

. A MAGIA DAS PEQUENAS COIS...

. PRAZERES INFAMES, de Eliz...

. Para as férias da Páscoa

. «Desaparecida» de Elizabe...

. «Ligações Arriscadas» de ...

. «Aqui Entre Nós» de Jane ...

. «Pão, mel e amor», de Jen...

. «Mais do que Sedução», Ch...

.subscrever feeds