Quarta-feira, 2 de Março de 2016

«Turbulência», de Annette Herfkens

turbulencia.jpg

Sobreviveu 8 dias sozinha na selva a um acidente de avião com água da chuva


Quando a jovem Annette Herfkens, uma das poucas traders internacionais em Wall Street, e o noivo embarcaram no voo Vietnam Airlines 474 em Ho Chi Minh City, eram apenas dois passageiros que iam para uma escapadela romântica, alheios ao momento fatídico que destruiria os seus sonhos para sempre. O avião caiu numa montanha, deixando Annette presa na selva vietnamita como única sobrevivente. O que se seguiu foi uma incrível história de sobrevivência, mistério e espírito superior. Nesta história de vida, Annette descreve como sobreviveu oito dias sozinha na selva com apenas água da chuva para sustentá-la. Treze anos depois do acidente, Annette voltou ao Vietname para escalar a montanha, lançando uma nova luz sobre alguns mistérios que se mantinham desde essa altura. Através de flashbacks, Annette revela como usou as lições aprendidas na selva vietnamita para celebrar o seu filho autista na selva de Upper East Side, em Nova Iorque. Este livro inspirador quebra tantas fronteiras como a própria protagonista. Observadora atenta, Annette escreve com humor franco e mordaz sobre a perda, o amor, a resiliência e a espiritualidade de uma forma refrescante e terra-a-terra. O seu livro permite-nos conhecer a mente e o coração de uma verdadeira sobrevivente.

A felicidade não é ter o que se quer, mas querer o que se tem.»

Tinham planeado um encontro romântico: Annette Herfkens, jovem trader bem-sucedida de Wall Street, visita o noivo no Vietname.
No entanto, o fim de semana romântico transforma-se num pesadelo: o avião no qual o casal pretende voar até ao litoral choca contra uma montanha. Todos os ocupantes, exceto Annette, morrem. Sozinha, ela sobreviveu oito dias na selva… e aprendeu o que realmente é importante na vida...

 

«Em Turbulência, Annette Herfkens coloca ideias e ensinamentos espirituais em prática (…) de uma forma concisa e fascinante.»
Deepak Chopra

«Este é um livro para aqueles que querem ver para lá do milagre…»
Jackson Taylor, autor de The Blue Orchard

«Uma história comovente de sobrevivência física e psicológica.»
Kirkus Reviews

«Annette Herfkens conta a sua experiência como única sobrevivente de um acidente de avião no Vietname, com a perda do noivo (…). Escrevendo com honestidade e sagacidade sobre os muitos desafios que enfrentou como esposa, mãe, e profissional no mundo da banca, o seu espírito indomável inspira-nos.»
Mary Sue Rosen, autora de Africa Written Down

 

annette herfkens.jpg

 

Annette Herfkens é a única sobrevivente de um desastre de avião em 1992 no Vietname. Uma turbulência repentina e a posterior queda da aeronave tiraram a vida ao seu noivo, Willem van der Pas. Ele era o seu melhor amigo, namorado da faculdade, e alma gémea.
Annette passou oito dias sozinha na selva no meio dos mortos apenas com água da chuva para sustentá-la.
Nasceu na Venezuela de pais holandeses. Foi criada na Holanda, onde estudou na Universidade de Leiden. Depois de um estágio em Santiago de Chile, tornou-se estagiária executiva no ING Bank, que a mandou para Nova Iorque e Londres. A seguir mudou-se para o Banco Santander em Madrid. Foi promovida a diretora e sete anos mais tarde enviada para Nova Iorque, onde vive atualmente com a família.
Em Turbulência, Annette conta finalmente a sua história ao mundo depois de anos a resistir à atenção da comunicação social. Como uma das poucas banqueiras internacionais do seu tempo, Annette quebrou barreiras profissionais; ao escrever este livro, superou também as suas barreiras pessoais, e fá-lo poeticamente, com profundidade e humor, falando sobre o amor, a sobrevivência e a aceitação do que não pode ser alterado.

 

publicado por Oficina do Livro às 09:30
link do post | favorito

«A Última a Saber», de Elizabeth Adler

a_ultima_a_saber.jpg

Mentiras e segredos mudam uma família para sempre

 

Evening Lake: um refúgio calmo e idílico no Massachusetts ocidental, com uma comunidade de famílias muito unida. O detetive Harry Jordan encara a sua casa à beira do lago como uma pausa na resolução de crimes nas ruas de Boston... até que o crime chega a Evening Lake.
Harry Jordan está a dar uma caminhada quando uma explosão rasga a noite: a casa das Havnel é engolida por uma conflagração e Bea Havnel é vista a fugir com o cabelo em chamas e a mergulhar no lago. Misteriosas e reservadas, Bea e a mãe, Lacey, chegaram há pouco a Evening Lake e são muito diferentes das famílias abastadas da comunidade. Bea sobrevive ao fogo, mas a mãe não, e Harry vê-se metido na investigação. Tal como o jovem Diz Osborne, que, sem o conhecimento de ninguém, carrega um segredo pesado: ele viu outra pessoa a remar no lago naquela noite. Quando se descobre que Lacey Havnel não morreu por causa da explosão, mas de uma facada, torna-se claro que anda um assassino à solta. E esse assassino está pronto a atacar de novo. Contado no estilo inimitável de Elizabeth Adler, com descrições animadas e uma dinâmica familiar intrincada, A Última a Saber é uma história empolgante.


«Adler tem o dom de construir a tensão em torno de uma vítima inocente que se encontra à mercê de um assassino silencioso.»
curledup.com

 

 

publicado por Oficina do Livro às 09:26
link do post | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2016

«Caminhos Sombrios», de Sandra Brown

caminhos_sombrios.jpg

80 milhões de exemplares vendidos

 

«Uma contadora de histórias magistral.» USA Today

 

Uma aventura escaldante num ermo gelado. Um homem sem passado e sem futuro numa memorável corrida pela vida.

 

Emory Charbonneau é uma grande pediatra, respeitada entre os colegas e estimada pela sociedade. Depois de uma discussão com o marido, Jeff, a jovem médica prepara-se para uma maratona e desaparece nas montanhas da Carolina do Norte. Quando Jeff comunica o seu desaparecimento à polícia, todas as pistas que Emory deixou desapareceram. O nevoeiro e o gelo põem um fim às buscas.

Emory recobra a consciência, com um misterioso ferimento na cabeça, num local estranho. E na companhia de um homem cujo passado é tão sombrio que ele não quer sequer dizer-lhe o seu nome. Sem telefone, sem internet, sem ninguém por perto, mas movida pelo medo, Emory está determinada a escapar a todo o custo do cativeiro.

Inesperadamente, no entanto, os dois têm um encontro perigoso com pessoas que seguem um código de justiça própria. No centro da disputa está uma jovem desesperada a quem Emory não pode virar costas, mesmo que isso signifique violar a lei.

Quando o esquema do marido é revelado e o FBI se aproxima do seu captor, Emory começa a perguntar-se se o homem sem nome não será, na verdade, o seu salvador.

 

«Brown deixa-nos a adivinhar até ao fim. Àquilo a que ela tão criativamente chama linha de chegada.»

Fresh Fiction

«Quando os leitores pensam que já perceberam tido, Brown vem com uma reviravolta inteligente. Reclinem-se e saboreiem!

Romantic Times TOP PICK

«Ela sabe como tecer uma história capaz de prender a atenção do leitor desde a primeira linha.»

Totally Addicted to Reading

 

sandra brown.jpg

 

Sandra Brown é autora de mais de setenta romances, na sua maioria bestsellers do New York Times. É uma das mais importantes escritoras de romances policiais dos Estados Unidos, distinguidas, entre outros, com os prémios Texas Medal of Arts Awards for Literature e o Thriller Master de 2008, a distinção máxima atribuída pela International Thriller Writer’s Association.

Nascida em Waco, no Texas, Brown trabalhou como modelo e em programas de televisão antes de se dedicar à escrita. Publicou o seu primeiro romance em 1981 e, desde então, já vendeu cerca de oitenta milhões de exemplares em todo o mundo, estado a sua obra traduzida em trinta e três idiomas.

Vive com o marido em Arlington, no Texas.

uma_voz_na_noite.jpg

calafrio_CAPA.jpg

Vidas Trocadas.jpg

ricochete_capa (3).jpg

letal.png

obsessão.jpg

tornado.jpg

 

ultimo_minuto.jpg

 

 

 

 

 

 

publicado por Oficina do Livro às 11:03
link do post | favorito

«Escrava do Estado Islâmico», de Jinan com Thierry Oberlé

escrava_do_estado_islamico.jpg

Uma história verídica

 

Uma antiga cativa das prisões do Estado Islâmico conta o seu calvário neste livro corajoso

 

Jinan, uma jovem iazidi de dezoito anos, foi raptada com a família pelo Estado Islâmico em agosto de 2014, pelo simples facto de pertencer à minoria religiosa curda residente no norte de Iraque. Separada da família, durante dois meses viverá um inferno junto de outras cinco mulheres cativas, maltratadas e reduzidas à escravidão sexual, até que consegue fugir.

Em dezembro do mesmo ano, encontra-se por acaso com Thierry Oberlé, um conhecido jornalista do Figaro, especialista em matéria de terrorismo, no campo de refugiados onde vive agora, e conta-lhe a sua história.  Ambos se juntam então para escrever este libro, quebrando o silêncio para denunciar as atrocidades contra as mulheres por parte do Estado Islâmico em países como o Iraque, a Síria e a Arábia Saudita, o que constitui um testemunho excecional.

 

Jinan.jpg

 

Jinan Badel – depois de ser raptada e viver como escrava sexual durante três meses às mãos do Estado Islâmico, consegue escapar para contar o seu testemunho. Esteve em França durante 2015, aquando da publicação do seu livro, e participou numa conferência da ONU sobre as minorias perseguidas pelo Estado Islâmico.

 

 

thierrry oberle.jpg

Nascido em 1958, em Estrasburgo, Thierry OBERLÉ é o repórter especial da política externa do Figaro. Casado e pai de uma filha de 19, cobre, desde há vinte anos, os grandes eventos internacionais e muitos conflitos na África e no Médio Oriente: a guerra civil na Argélia, no Congo e na Costa do Marfim, a segunda Intifada nos territórios palestinianos, a guerra no Iraque, desde a queda de Saddam à ascensão do Estado Islâmico. É autor de L’Opus Dei, Dieu ou César (Edições Jean Claude Lattes, 1993), uma investigação crítica sobre uma organização católica controversa e Notre guerre secrète au Mali  (Editions Fayard, 2014), um livro sobre a intervenção militar francesa no Mali contra grupos islâmicos armados.

 

 

 

publicado por Oficina do Livro às 10:50
link do post | favorito
Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2016

«Estranhos ao Luar», de Jude Deveraux

estranhos_ao_luar.jpg

Quando o calor de um abraço perdura a vida inteira

 

Mais um encantador romance contemporâneo passado em Edilean, acerca de dois amigos de infância que se encontram após anos de afastamento e descobrem que a centelha que sentiram em crianças ainda perdura...

Quando Kim Aldredge tinha oito anos, conheceu um rapaz de doze chamado Travis, que estava de visita à sua cidade natal de Edilean, na Virgínia, com a mãe. Embora essa visita tivesse lugar sob circunstâncias misteriosas, isso não impediu que as crianças se tornassem amigas. Durante duas semanas maravilhosas, andaram de bicicleta, jogaram basebol e leram em voz alta para o outro. Tudo coisas comuns para Kim, mas para Travis bastante extraordinárias. E Travis ajudou Kim a descobrir o seu amor pela criação de joias, a paixão que se tornou a sua profissão. Antes de partir, ele disse-lhe que um dia iria voltar, e durante anos Kim guardou a foto de ambos, abraçados e sorridentes.

Travis é agora um advogado bem-sucedido em Manhattan, mas há coisas na sua vida que ele não quer tornadas públicas. E embora tenha viajado por todo o mundo, ainda pensa no verão passou em Edilean e na rapariga que lá conheceu. Essas semanas mudaram a sua vida para sempre. Quando Travis descobre que a mãe regressou a Edilean e tenciona voltar a casar, decide que está na hora de voltar também: não apenas para investigar o futuro marido da mãe, mas para finalmente cumprir a promessa que fez a Kim tanto anos antes...

 

«O segundo livro desta trilogia traz-nos uma deliciosa história sobre o amor que perdura ao longo do tempo e outros obstáculos. Uma leitura perfeita para se descontrair e sentir bem.»

Romantic Times

 

Jude deveraux2.jpg

 

JUDE DEVERAUX é autora de uma vasta obra, com 40 títulos que marcaram presença na lista dos livros mais vendidos do New York Times. Os seus livros, bestsellers em vários países, já venderam mais de 60 milhões de exemplares em todo o mundo. Em Portugal, a Quinta Essência publicou os romances Alguém para Amar, Jardim de Alfazema, Perfume da Paixão, Dias de Ouro, Desejos do Coração, Perfume de Jasmim, Amanhecer ao Luar, Amor Verdadeiro, todos já com várias reedições.

Jude Deveraux nasceu em 1947 em Fairdale, Kentucky. Licenciou-se em Arte na Universidade de Murray. Foi professora durante alguns anos, antes de se dedicar exclusivamente à escrita. Atualmente vive na Carolina do Norte.

 

 

amanhecer_ao_luar.jpg

livro anterior

 

publicado por Oficina do Livro às 14:27
link do post | favorito

«Diz-me quem sou», de Sophie Kinsella

diz_me_quem_sou.jpg

E se acordasses e a tua vida fosse perfeita?

 

E se um dia abrir os olhos e, de repente, a sua vida for perfeita? Por incrível que pareça, esse sonho tornou-se realmente realidade para Lexi Smart. Tinha um emprego mal pago, dentes tortos e uma vida amorosa horrível quando, uma manhã, acorda numa cama de hospital e descobre que a sua esplêndida dentadura deslumbra como um anúncio de pasta de dentes, as suas unhas têm uma excelente manicura, e as suas roupas e acessórios são os de uma mulher muito rica. E como se isso não bastasse, está casada… com um desconhecido!!! Superada a grande surpresa, Lexi pretende aproveitar o seu novo eu, com o qual poderá comprovar em primeira mão as vantagens e desvantagens que podem resultar de uma inesperada vida perfeita.
Sophie Kinsella é a genial criadora de Becky Bloomwood, la famosa «louca por las compras», uma das personagens mais simpáticas e perigosas da literatura. Com os seus milhões de fiéis leitores repartidos por meio mundo, Kinsella é uma das autoras mais divertidas e populares dos últimos tempos. Diz-me quem Sou vendeu mais de um milhão de exemplares só em inglês e mais de 250 mil em alemão. Além disso, foi número um em Inglaterra, Estados Unidos e Itália.

 

«Com a sua divertida premissa, Diz-me quem Sou explora algumas ideias interessantes com humor e perspicácia. Lexi Smart é uma heroína simpática que a maioria dos leitores irá apoiar mesmo quando os seus muitos defeitos são expostos. Um romance agradável e divertido.»

Likesbooks.com

 «Um romance intrigante e divertido que irá prendê-lo até ao fim.»

Eve Magazine

 «Um livro delicioso e que nos cativa, cheio de risadas ​​e de alguma mágoa... Sophie Kinsella arranja forma de fazer com que perder a memória pareça refrescantemente engraçado.»

USA Today

 

Sophie Kinsella (c) Blake Little.jpg

 

Sophie Kinsella tem romances publicados em quarenta países, com um total de vinte e cinco milhões de exemplares vendidos. Escreveu seis livros na série «Louca por Compras», que tem como protagonista a simpática, mas irresponsável, Becky Bloomswood; tem ainda seis romances independentes, como este nas suas mãos. E o que tem esta autora que agrada tanto aos leitores? As razões do seu êxito são variadas: Escreve com ritmo, com um estilo ágil, coloquial e direto. Os argumentos são engenhosos e apresentados com graça e encanto. Nada é previsível. Diverte-nos, arrasta-nos num torvelinho e faz-nos rir constantemente. Além disso, as suas histórias são românticas, com protagonistas tão reais que cremos inteiramente neles, apesar dos seus momentos mais disparatados. Sophie Kinsella é assim. A autora vive em Londres com o marido e a família. Para mais informações, visite o seu site: www.sophiekinsella.co.uk

tenho_o_teu_numero.jpg

Louca_por_compras_espera_bebe.jpg

Louca_por_compras_em_lua_de_mel.jpg

conto e-book

publicado por Oficina do Livro às 14:21
link do post | favorito
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2015

«Um desejo por uma estrela», de Trisha Ashley

um_desejo_por_uma_estrela.jpg

A prende perfeita nem sempre está debaixo da árvore de Natal.

A vida de Cally, mãe solteira, gira em torno da filha Stella. Já se conformou com o facto de que o único romance que vai viver é o das comédias românticas a que assiste. Com o trabalho que a mantém bastante ocupada, e com a filha, não tem tempo para sequer pensar sobre o amor.
Mas a vida torna-se bastante difícil quando Stella adoece. Tentar conciliar o seu trabalho como escritora de receitas com o ter cuidar de Stella é muito desgastante e, quando Cally conhece o belo pasteleiro Jago, a última coisa que quer é apaixonar-se, especialmente depois de ter ficado bastante escaldada com um Príncipe Encantado do seu passado. Conseguirá o descontraído e charmoso Jago abrir o coração gelado de Cally e ajudá-la a encontrar o verdadeiro amor?


«Uma história emotiva, comovente e doce.»
http://thenovelcafe.blogspot.pt

«Para mim, este é o mimo perfeito, acompanhado por um chocolate quente e algumas bolachas.»
http://www.dark-readers.com

 

Trisha Ashley.jpg

 

Trisha Ashley nasceu em St. Helens, Lancashire, e agora vive no Norte do País de Gales. O seu romance A Winter's Tale foi candidato ao Melissa Nathan Award na categoria de Romance-Comédia em 2009.

Teve vários empregos a tempo parcial ao longo dos anos, mas a sua ocupação atual como funcionária sazonal do National Trust combina perfeitamente três dos seus maiores interesses: casas históricas, jardins e conhecer pessoas. Embora Trisha adore chocolate, não se considera «chocoólica» - pode desistir quando quiser, a sério! .

 Para mais informações, visite www.trishaashley.com

publicado por Oficina do Livro às 14:36
link do post | favorito
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2015

«Casamento de Conveniência», Jennifer Probst

Casamento de Conveniencia.jpg

 

O bilionário Nick Ryan não acredita no casamento e considera que o amor eterno é coisa de contos de fadas. As suas ações sempre se regeram pela lógica e pela razão. Como agora precisa de se casar para adquirir o controlo da sua empresa, estabelece um pacto com regras básicas: não se apaixonar, evitar qualquer envolvimento emocional e manter uma relação puramente formal.
Alexa, a melhor amiga da sua irmã, é o tipo de rapariga impulsiva e idealista capaz de lançar um feitiço para conseguir um homem. Mas também faria tudo pelos pais e agora eles precisam de dinheiro para pagar a hipoteca da casa da família.
Assim, ambos chegam a acordo. Não deve ser assim tão difícil cumprir os requisitos de um casamento de conveniência que só tem de durar um ano, certo? Mas uma série de mal-entendidos, o aparecimento de coisas do passado, o destino e paixão vão intervir para desbaratar os planos de Nick e Alexa.


Nº 6 nos Melhores Livros da Amazon de 2012!

Bestseller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal!


O milionário Ryan Nicholas tem se casar para herdar a empresa da família. Assim, ao saber que Alexa, a melhor amiga da irmã, está a atravessar dificuldades financeiras, sugere-lhe ficarem casados durante um ano e em troca ele paga-lhe as dívidas. Mas Alexa já não é a criança detestável que ele conhecia, muito pelo contrário...

«Uma paixão tão explosiva como terno é o amor que nasce; uma bela história de “felizes para sempre” que tem de tudo. Jennifer Probst traz-nos um romance ardente e selvagem que vai direito ao nosso coração»
Maldivian Book Reviewers

«Casamento de Conveniência é uma das histórias mais giras que li nos últimos tempos. É muito divertida e fez-me rir bastante (quando não estava a limpar as lágrimas).»
Fresh Fiction

«Uau, este livro foi tão, tão bom! A relação de Nick e Alexa é tão intensa que não consegui parar a leitura e depois fiquei triste por terminar!»
Book Passion for Life

 

 

Jennifer Probst.jpg

 

Jenniffer Probst é autora best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal. Vive na cidade de Hudson Valley, em Nova Iorque. Escreveu 17 livros e faz parte da Romance Writers of America. Para mais informações, visite: http://www.jenniferprobst.com

 

publicado por Oficina do Livro às 10:57
link do post | favorito

«Dominadas», de Sylvia Day

Dominadas.jpg

 

Dominadas é composto por três deliciosos e escandalosos contos. Cada história é focada na luta de um homem para encontrar o amor da sua vida. Em «Prazeres Roubados», o primeiro conto, Sebastian Blake, conde de Merrick, fugiu há muito das responsabilidades do seu título para se tornar um infame pirata, conhecido como capitão Phoenix. No entanto, começa a questionar as suas escolhas quando conhece a sua mulher: o casamento de ambos foi oficializado por meio de uma procuração e ele deseja não só consumá-lo, como também torná-lo uma união verdadeira.
O segundo conto, «A Aposta de Lucien», apresenta Lucien, um libertino imoral que consegue sempre o quer, menos a intocável e desejada Lady Julienne La Coeur. Quando a jovem se vê dentro do quarto de Lucien, ele trava uma luta interna para afastar os pensamentos sensuais e manter a honra dela, ao mesmo tempo que deseja possuí-la (já que não foi talhado para ser um cavalheiro).
Em «A Duquesa Louca», o último conto do livro, Hugh La Coeur sofre um acidente na estrada e procura refúgio na sinistra mansão da «duquesa louca». Isto seria bastante desagradável não fosse a companhia de Charlotte, uma das empregadas da duquesa. Hugh sabe que ela esconde segredos terríveis, mas a sua companhia na cama durante noites a fio vale todos os perigos.


Nomeado para o prémio de Melhor Novela Romântica os Rita Awards de 2007

Dominadas é um trio de romances sensuais clássicos que liga as histórias de três homens belos e travessos às das jovens cujos corações - e corpos - eles derretem.


«Cem graus mais escaldante do que tudo o que já leu antes.»
Reveal

 

sylvia day.jpg

 

Sylvia Day escreveu mais de 20 romances premiados traduzidos em mais de 40 países. Com dezenas de milhões de cópias de livros impressos, é bestseller em 23 países. Os seus livros estiveram entre os dez livros mais vendidos em 2012 e 2013, tornando-a uma das autoras mais lidas no mundo. Foi nomeada para o Prémio Goodreads Choice Award para Melhor Autora e o seu trabalho foi homenageado pela Amazon como Melhor do Ano na categoria Romance. A sua série Crossfire foi opcionada para televisão pela Lionsgate. Visite Sylvia em www.sylviaday.com, Facebook.com/AuthorSylviaDay e no Twitter @SylDay.

 

publicado por Oficina do Livro às 10:35
link do post | favorito
Quinta-feira, 27 de Agosto de 2015

«Ensina-me a Amar», Jess Michaels

ensina_me_a_amar.jpg

Lysandra Keates está a ficar sem opções. O pai morreu, a mãe está doente, e os seus esforços para encontrar um emprego respeitável redundaram em fracasso. Com as parcas poupanças a chegarem ao fim, ela engole o orgulho e o medo e pede a Vivien Manning, uma cortesã infame, para a juntar a um protetor rico.
Durante anos, o visconde Andrew Callis levou uma existência monástica na sua propriedade rural, endurecendo o corpo e o coração contra o sofrimento pela morte da mulher e do filho recém-nascido. Quando Vivien lhe pede para passar um mês a treinar uma jovem nas artes do amor, a sua mente resiste... mas o seu corpo responde com um desejo que ele julgara morto há muito tempo.
À medida que começa os seus ensinamentos, Andrew dá por si a deixar-se enfeitiçar pelos encantos inocentes de Lysandra. E quando eles dão lugar a uma fome voraz, a última coisa que Andrew esperava, ou queria, surge entre eles. Uma ligação emocional que pode levá-los bem para lá do período de treino… se ao menos Andrew conseguir abrir o seu coração à possibilidade de amar.



«Adorei esta história.»
Night Owl Reviews

«… um romance histórico com personagens fascinantes e cenas de amor escaldantes.»
Guilty Pleasures Book Reviews

«O novo romance de Jess Michaels um prazer sensual e eloquente.»
Romantic Times

 

 

jess michaels.jpeg

 

Jess Michaels escreve desde o dia fatídico em que o marido lhe disse: «Só és realmente feliz quando estás a escrever. Porque não fazes isso?» Em Novembro de 2003, o seu trabalho (e vários baldes de lágrimas) compensaram quando ela fez a sua primeira venda à editora Red Sage.
Jess tem sido apelidada de «estrela do romance sensual», e o seu trabalho foi descrita como «demasiado quente para largar». Também escreve romances históricos como Jenna Petersen.
É conhecida das leitoras pelo seu popular site para aspirantes a escritoras, The Passionate Pen.
Casada com o seu herói desde 1997, Jess vive no Midwest dos Estados Unidos.

publicado por Oficina do Livro às 16:51
link do post | favorito

«Saída da Escuridão», Tina Nash

saida_da_escuridao.jpg

Ela amava-o muito. E ele tirou-lhe os olhos...

Em 1999, quando Tina Nash, de dezanove anos, conheceu Shane, alguém a avisou de que ele era perigoso.
Mas quando o encontra uma década mais tarde, vê primeiro e acima de tudo um homem cujos braços lhe dão uma enorme sensação de segurança. Completamente apaixonada, é incapaz de reconhecer como o seu amante se pode tornar agressivo.
Ao fim de oito meses surge o primeiro ataque violento, e Tina rompe com ele. No entanto, o amor prevalece sobre o instinto de autopreservação. «Eu agora era como uma viciada em drogas que só ficava feliz quando conseguia a minha dose – a minha dose de Shane.»
Esse vício é mais forte do que a dor, o medo e a humilhação. As agressões continuam, a polícia é chamada… como consegue ela suportar? No entanto, Tina tolera mais torturas. Shane maltrata-a também à frente dos filhos, mas ela ainda acredita que é sempre a última vez e que agora ele vai mudar. Esta esperança termina a 20 de abril de 2011, com o ataque mais brutal. Shane passou doze horas a torturar uma Tina inconsciente e cegou-a...

O caso que chocou Inglaterra.

Na noite de 20 de abril de 2011, a vida de Tina Nash mudou para sempre. Depois de suportar meses de violência doméstica às mãos do namorado Shane Jenkin, ela foi submetida a um ataque bárbaro e prolongado durante o qual Jenkin a espancou até à inconsciência e lhe tirou os dois olhos. Quando ele foi preso em maio de 2012, as pessoas esforçavam-se por compreender a escala da violência sofrida por esta jovem mãe de dois filhos na sua casa da Cornualha.
Em Saída das Trevas, Tina conta toda a sua história – como é realmente a vida com um parceiro violento e como sobreviveu a doze horas de violência inimaginável em sua própria casa. Aprendendo a adaptar-se à vida sem a visão, Tina fala corajosamente de como os filhos lhe deram coragem para continuar, e como - passo a passo – está a aprender a viver novamente. Com as estatísticas da violência doméstica a aumentar, este incrível livro de memórias de sobrevivência de Tina Nash é uma leitura essencial.

 

Tina Nash.jpg

 

Tina Nash vive na zona ocidental da Cornualha desde a infância. Está agora no início da casa dos trinta e é mãe de dois rapazes de 14 e 4 anos. Chamou a atenção do seu país através de reportagens acerca dos ferimentos horríveis que lhe foram infligidos pelo ex-parceiro, Shane Jenkin, que lhe tirou os olhos após um prolongado ataque de violência doméstica em abril de 2011. As suas experiências tornam-na uma excelente porta-voz das sobreviventes de violência doméstica.

 

 

publicado por Oficina do Livro às 16:44
link do post | favorito

«Por favor, perdoa-me», Melissa Hill

por_favor_perdoa_me.jpg

Será demasiado tarde?


Leonie estava apaixonada e noiva, mas decidiu fugir da sua antiga vida em Dublin para começar de novo - algures onde ninguém a conheça nem ao segredo de que ela foge. Ao instalar-se no seu novo apartamento encontra por acaso um maço de cartas de amor, todas escritas por um homem chamado Nathan e dirigidas a uma mulher desconhecida. Todas as cartas terminam de forma intrigante com as mesmas três palavras: «Por favor, perdoa-me».
Comovida com as palavras sinceras de Nathan, Leonie propõe-se a desvendar o mistério do casal e do que lhes correu mal. Se entregar as cartas à legítima proprietária, poderá o amor da vida de Nathan conseguir perdoar-lhe? E durante o processo talvez Leonie consiga também perdoar ela própria algumas coisas…

Alguma vez sonhou em fugir?
Deixar o passado para trás?
Leonie fez exatamente isso. Mudou-se para outro país e arranjou um novo emprego, um novo lar, uma nova vida...
Mas, quando descobre uma caixa de cartas de amor no fundo do roupeiro que terminam todas com «por favor, perdoa-me», vê-se atraída para o mistério delas.

«É isto que realmente adoro nos livros de Melissa Hill - o mistério da história é contado lentamente ao longo do livro e funde-se com a história principal: raramente isso funciona tão bem como nos livros desta autora, atraindo o leitor para a trama.»
Chloe's Chick Lit Reviews

 

melissa hill c Kevin Hill.jpg

 

Melissa Hill nasceu na Irlanda, onde ainda vive com o marido, Kevin. Publicou o primeiro romance, Something you Should Know, em 2002, convertendo-se de imediato num sucesso de vendas em todo o mundo. Os títulos que se seguiram foram igualmente bem recebidos pelos leitores e pela crítica, tendo feito parte da lista dos mais vendidos tanto na Irlanda como em Inglaterra. A autora, já traduzida em mais de dez idiomas, é reconhecida pelas suas narrativas envolventes e com um toque de mistério, surpreendendo os leitores até à última página. Para mais informações, visite www.melissahill.info

 

publicado por Oficina do Livro às 16:36
link do post | favorito
Quarta-feira, 24 de Junho de 2015

«Sombras de Paixão», de Elizabeth Adler

sombras_de_paixao.jpg

Um deslumbrante mundo de dinheiro, paixão e poder

 Apenas com a sua beleza exótica, inocência sedutora, orgulho e espírito impetuoso, Léonie veio da França rural para encontrar o seu futuro em Paris. Da vergonha dos cabarés ela ascende à fama internacional cantando com sentimento sobre o amor e a saudade. De Paris à Cote d'Azur, de Nova Iorque ao Brasil, de Cuba ao Cairo, Léonie move-se num deslumbrante mundo de dinheiro, paixão e poder - um mundo onde ela semeia tempestades de desejo e paixões.

O poderoso Duc de Courmont irá dar-lhe tudo exceto amor...

Maroc não conseguiu protegê-la dela própria…

Charles vai pagar caro alguns momentos de felicidade roubados…

Jacques não conseguiu libertá-la das recordações e dos anseios…

Jim ofereceu-lhe um porto de abrigo, mas isso não bastou….

 No entanto, nenhum deles conseguirá tocar uma parte da sua alma… exceto o homem que experimentou o seu ódio e a sua paixão…

 

Léonie nasceu num mundo de pobreza e privações, até que a sua beleza exótica e o seu espírito lutador a conduzem a uma vida muito diferente, cheia de riqueza e luxo. Como amante do cruel e rico Duc de Courmont, ela anseia por amor, ele mas deseja-a, precisa dela, está obcecado por ela.

 

«Léonie, filha de uma camponesa francesa e de um artista de circo egípcio, chega a Paris para tentar a sorte. Em breve se torna amante de um homem muito rico, mas frio e manipulador, “Monsieur”, e ganha fama como cantora. Quando Leonie dá à luz o filho de um amante, a vingança de Monsieur é terrível e lança uma sombra sobre o resto da vida de Léonie até que a morte dele a liberta.»

Library Journal

Elizabeth Adler.JPG

 

Elizabeth Adler é britânica. Autora de mais de vinte e dois romances, é reconhecida internacionalmente pelas suas histórias envolventes que combinam de forma magistral mistério, amor e destinos de sonho. Os seus livros estão publicados em vinte e cinco países, com mais de cinco milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

Adler e o marido viveram em vários países até que fixaram residência em La Quinta, Califórnia, onde passam dias tranquilos na companhia dos seus dois gatos.

publicado por Oficina do Livro às 09:40
link do post | favorito

«Mistério na Cornualha», de Liz Fenwick

misterio_na_cornualha.jpg

Abrirá ela o coração ao amor?

 

Há um velho ditado na Cornualha: «Salva um desconhecido do mar e num inimigo ele se vai transformar...»

Quando a avó fica demasiado frágil para viver sozinha, Gabriella Blythe muda-se para a pequena e remota cabana em Frenchman’s Creek onde a sua avó reside há várias décadas. Outrora uma artista consagrada, os dias de Jaunty estão a chegar ao fim, mas ela ainda é assombrada por acontecimentos do seu passado, especialmente pelo naufrágio do Lancasteria durante a guerra.

Tudo corre bem até que um belo desconhecido chega durante uma tempestade, em busca de ajuda. Fin recebeu um legado de família: uma aguarela delicada de um barco à vela que o conduz àquela bela zona da Cornualha. Quando Fin começa a desvendar as pistas do quadro, é atraído para as vidas de Gabe e Jaunty, desvendando uma notável história de identidades trocadas e de traição…

No seu delicioso novo livro, Liz Fenwick tece uma história de romance e intriga passada na bela costa da Cornualha.

 

«Uma história tocante de amor e perda.»

Novelicious

«Uma história maravilhosa sobre os difíceis tempos da guerra, amores perdidos e segredos capazes de mudar o futuro. Absorvente e fabuloso!»

Kraftireader

 

«Fascinante, belo, misterioso, romântico e cativante. Liz Fenwick escreve histórias que são impossíveis de largar.»

victorialovesbooks

Liz Fenwick 2 - by Paul Sumner (Stu Williamson Pho

 

Tendo crescido em Boston, Liz cedo descobriu que os seus melhores amigos podiam ser livros. Enquanto esperava entrar em Harvard, mudou-se para Londres para ver se a vida parecia diferente do outro lado do Atlântico. E parecia. Em breve se apaixonou e casou com um inglês. Doze anos e nove mudanças de casa mais tarde, ela reside agora no Dubai com o marido e os três filhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

livros anteriores

a casa dos sonhos.jpg

 um_amor_na_cornualha.jpg

 

publicado por Oficina do Livro às 09:29
link do post | favorito
Terça-feira, 9 de Junho de 2015

«Para além da meia-noite», de Lara Adrian

para_alem_da_meia_noite.jpg

 

Libertada das trevas, uma mulher vê-se mergulhada numa paixão arrebatadora

 

Aos dezoito anos, Corinne Bishop era uma jovem bela e cheia de vida, com uma existência privilegiada como filha adotiva de uma família com dinheiro. O seu mundo mudou no instante em que foi raptada e mantida prisioneira pelo malévolo vampiro Dragos. Despois de muitos anos de cativeiro e tormento, Corinne é salva pela Ordem, um grupo de guerreiros vampiros envolvidos numa guerra contra Dragos e os seus seguidores. Para além de a terem despojado da sua inocência, Corinne perdeu também parte do seu coração… a única coisa que lhe dava esperança durante o seu calvário e a única que lhe interessa agora que é livre.

O guerreiro Hunter é incumbido de proteger Corinne durante o seu regresso a casa. Um dos assassinos mais letais de Dragos, Hunter trabalha agora para a Ordem, e está empenhado em fazer com que Dragos pague pelos seus muitos pecados. Ligado a Corinne pelo seu mútuo desejo, Hunter terá de decidir até onde está disposto a chegar para acabar com o reinado de maldade de Dragos… mesmo que concluir a sua missão signifique despedaçar o terno coração de Corinne.

 

«A série Raça da Meia-Noite é uma das melhores séries paranormais no mercado... Lara Adrian escreve histórias individuais convincentes (com maravilhosos felizes para sempre) dentro de um arco de história maior, que se desenrola com uma refrescante falta de previsibilidade. Para Além da Meia-Noite é excelente!»

Romance Novel News

 

«Sempre que pego num novo romance de Ms. Adrian encontro-me numa utopia pessoal... Para Além da Meia-Noite é uma história cativante: vejo Corinne lutar contra a sua atração por Hunter, o medo com que ela tem de viver devido ao seu cativeiro e o segredo que irá complicar tudo. Se é fã de longa data ou está apenas a descobrir esta autora, irá em breve dar por si completa e totalmente preso nestas páginas irresistíveis.»

Coffee Time Romance

 

«Lara Adrian escreveu outra adição maravilhosa ao mundo da sua Raça da Meia-Noite que mantém forte o suspense da série e fará os fãs quererem mais. Continua a trazer excelência para o mundo que criou com personagens ainda mais fantásticas e uma intriga irresistível.»

Night Owl Reviews

 

Lara Adrian © Jessica Hills Photography.jpg

 

Em criança, Lara Adrian costumava dormir com os cobertores quase sobre a cabeça, com medo de vir a ser vítima de vampiros. Mais tarde, sob a influência de Bram Stoker e Anne Rice, foi levada a interrogar-se se o seu medo não seria antes outra coisa: um desejo secreto de estar num mundo mais sombrio, de viver um sonho perigoso e sensual com um homem sedutor de poderes sobrenaturais. É essa mistura de medo e desejo que alimenta hoje as fantasias de Lara e a ideia que ela explora na série «Raça da Meia-Noite», bestseller do New York Times e vendida em 16 países.

Com as raízes familiares a estenderem-se até aos primeiros colonos chegados a bordo do Mayflower, Lara Adrian vive com o marido no litoral da Nova Inglaterra, rodeada por cemitérios seculares, pelo moderno conforto urbano e pela inspiração infinita do oceano Atlântico. Para saber mais acerca dos seus romances, visite www.laraadrian.com

publicado por Oficina do Livro às 09:32
link do post | favorito

.pesquisar

.Março 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. «Desaparecida» de Elizabe...

. «Ligações Arriscadas» de ...

. «Aqui Entre Nós» de Jane ...

. «Pão, mel e amor», de Jen...

. «Mais do que Sedução», Ch...

. Sophie Kinsella apresenta...

. «MÁSCARAS AO LUAR», de Ju...

. Novo romance de Sophie Ki...

. «Desejo e Preconceito», d...

. «Promessa de Casamento», ...

. «Para todo o sempre», Jud...

. «A Casa Misteriosa», de M...

. «Tudo vale no amor», de E...

. «As Piores Intenções», de...

. «Obstinada», de Sylvia Da...

.arquivos

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.subscrever feeds