Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

À Roda dos Livros com Francisco Salgueiro


 


 


Francisco Salgueiro deslocou-se no passado sábado à tarde, 10 de Outubro, à Biblioteca Municipal de Santarém para conversar sobre A Praia da Saudade, o seu mais recente romance, publicado pela Oficina do Livro. A conversa, moderada pela jornalista Sofia Menezes, decorreu «à roda dos livros» (que dá justamente o mote a uma iniciativa quinzenal organizada por Teresa Lopes da Cruz, que dirige a biblioteca) e suscitou a curiosidade de leitores de todas as gerações.


 


O autor de Homens Há Muitos, romance de estreia que já vai na 7ª edição, confessou-se atento ao que se passa no mundo, admirador de Luísa Castel-Branco e do seu romance Alma e os Mistérios da Vida e fiel à escrita de Bret Easton Ellis e Jay McInerney. Mas foi sobre A Praia da Saudade que o debate conheceu momentos de viva animação, levando os mais jovens a questionar o autor sobre as motivações que o levaram a escrever a comovente história de um amor proibido num país amordaçado, mergulhado na ditadura salazarista. Francisco Salgueiro falou longamente sobre os dias em que se viu fechado nos arquivos da Torre do Tombo, sem esquecer as noites passadas à conversa com o pai – estamos a falar de um romance inspirado em parte num caso real  –, e, muito a propósito, não faltou, entre os presentes, quem se mostrasse disposto a partilhar as suas histórias do tempo em que não se podia dar um beijo na boca em plena rua, entre outras proibições bem menos inocentes.

publicado por Oficina do Livro às 17:52
link do post | favorito

.pesquisar

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. À Roda dos Livros com Fra...

.subscrever feeds