Quinta-feira, 27 de Agosto de 2015

«Saída da Escuridão», Tina Nash

saida_da_escuridao.jpg

Ela amava-o muito. E ele tirou-lhe os olhos...

Em 1999, quando Tina Nash, de dezanove anos, conheceu Shane, alguém a avisou de que ele era perigoso.
Mas quando o encontra uma década mais tarde, vê primeiro e acima de tudo um homem cujos braços lhe dão uma enorme sensação de segurança. Completamente apaixonada, é incapaz de reconhecer como o seu amante se pode tornar agressivo.
Ao fim de oito meses surge o primeiro ataque violento, e Tina rompe com ele. No entanto, o amor prevalece sobre o instinto de autopreservação. «Eu agora era como uma viciada em drogas que só ficava feliz quando conseguia a minha dose – a minha dose de Shane.»
Esse vício é mais forte do que a dor, o medo e a humilhação. As agressões continuam, a polícia é chamada… como consegue ela suportar? No entanto, Tina tolera mais torturas. Shane maltrata-a também à frente dos filhos, mas ela ainda acredita que é sempre a última vez e que agora ele vai mudar. Esta esperança termina a 20 de abril de 2011, com o ataque mais brutal. Shane passou doze horas a torturar uma Tina inconsciente e cegou-a...

O caso que chocou Inglaterra.

Na noite de 20 de abril de 2011, a vida de Tina Nash mudou para sempre. Depois de suportar meses de violência doméstica às mãos do namorado Shane Jenkin, ela foi submetida a um ataque bárbaro e prolongado durante o qual Jenkin a espancou até à inconsciência e lhe tirou os dois olhos. Quando ele foi preso em maio de 2012, as pessoas esforçavam-se por compreender a escala da violência sofrida por esta jovem mãe de dois filhos na sua casa da Cornualha.
Em Saída das Trevas, Tina conta toda a sua história – como é realmente a vida com um parceiro violento e como sobreviveu a doze horas de violência inimaginável em sua própria casa. Aprendendo a adaptar-se à vida sem a visão, Tina fala corajosamente de como os filhos lhe deram coragem para continuar, e como - passo a passo – está a aprender a viver novamente. Com as estatísticas da violência doméstica a aumentar, este incrível livro de memórias de sobrevivência de Tina Nash é uma leitura essencial.

 

Tina Nash.jpg

 

Tina Nash vive na zona ocidental da Cornualha desde a infância. Está agora no início da casa dos trinta e é mãe de dois rapazes de 14 e 4 anos. Chamou a atenção do seu país através de reportagens acerca dos ferimentos horríveis que lhe foram infligidos pelo ex-parceiro, Shane Jenkin, que lhe tirou os olhos após um prolongado ataque de violência doméstica em abril de 2011. As suas experiências tornam-na uma excelente porta-voz das sobreviventes de violência doméstica.

 

 

publicado por Oficina do Livro às 16:44
link do post | favorito

.pesquisar

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. «Saída da Escuridão», Tin...

.subscrever feeds